PSA  e  TOQUE RETAL

o mito

Em torno de 10 a 20% dos casos diagnosticados de câncer de próstata não apresentam alteração do PSA inicialmente, sendo detectados ou suspeitados apenas com a realização do toque retal.

 

Todo homem tem uma certa de desconfiança de ir ao urologista, por causa do exame de toque retal. Muitos acham que isso pode afetar a sua masculinidade, mas sabemos que isso é puro mito. O exame é realizado com o intuito de investigar doenças da próstata, reto e ânus.

 

No caso do urologista, ele realiza esse exame com intenção de avaliar a próstata, o seu tamanho, consistência e se há presença de nodulações; que são informações importantíssimas no diagnóstico de doenças prostáticas.

 

Todo homem a partir dos 50 anos deve procurar o urologista para realizar uma avaliação prostática. Aqueles que têm história de câncer de próstata na família ou são da raça negra, deverão realizá-la a partir dos 40 anos.

 

A próstata é uma glândula que não está localizada dentro do reto, mas acima dele; por isso, ele é bem acessado através do toque retal, como pode ser obsevado na figura acima. Este órgão envolve a uretra e é responsável por produzir algumas subtâncias que irão compor o líquido seminal (esperma).

 

O exame pode ser feito em várias posições. A que nós utilizamos é com a pessoa deitada com a barriga para cima com os joelhos dobrados e afastados. O exame é realizado com o dedo indicador e gera um pequeno desconforto, no entanto, a duração é extremamente rápida (10 a 15segundos), diminuindo o constrangimento do paciente.

 

 

Agora que você já aprendeu sobre o exame de toque retal, não tenha medo, procure já um urologista!

 

 

 
 
 
 
 


 

 

 

© 1977fernandoborges, All rights reserved.

Urologia 
Dr. Fernando Borges Ribeiro
(66) 3426 - 8651
    • Facebook Social Icon