PROSTATECTOMIA    VIDEOLAPAROSCÓPICA

 

Técnica Minimamente Invasiva usada para realizar a retirada (total ou parcial) da próstata quando necessário.  Indicada principalmente para

 

tratamento de tumores malignos (câncer de próstata), mas também pode ser realizada em casos de doenças benignas (hiperplasia benigna).

 

 

 

 

É realizada sob anestesia geral, e através de 4 a 5 orifícios (5 a 10mm cada) na parte inferior do abdome  a próstata é dissecada e deixada

livre dentro da cavidade abdominal, sendo retirada através de uma das incisões. Ao final da cirurgia é colocado uma sonda na 



bexiga que auxilia na cicatrização dos pontos internos, permanecendo de 5 a 15 dias, dependendo da cirurgia realizada. A recuperação é 

rápida e o paciente pode receber alta do hospital entre 2 e 5 dias após a cirurgia.

Em casos de câncer localizado na próstata a cirurgia recomendada chama-se PROSTATECTOMIA RADICAL, que consiste na retirada em

bloco de toda a próstata, das vesículas seminais e dos gânglios ao seu redor. Em alguns casos selecionados, deve-se realizar a preservação

dos nervos e vasos da potência sexual, que se localizam aderidos à glândula, minimizando a disfunção erétil pós operatória.  Já em casos

de crescimento benigno da próstata, com glândulas volumosas (maiores de 80g), a cirurgia é chamada de PROSTATECTOMIA SIMPLES,

pois retira-se apenas a sua parte interna, preservando-se a cápsula prostática, resolvendo a obtrução do fluxo urinário.

© 1977fernandoborges, All rights reserved.

Urologia 
Dr. Fernando Borges Ribeiro
(66) 3426 - 8651
    • Facebook Social Icon