NEFRECTOMIA   VIDEOLAPAROSCÓPICA

 

Técnica Minimamente Invasiva usada para realizar a retirada (total ou parcial) do rim quando necessário.  Indicada principalmente para tratamento de tumores, mas também pode ser realizada em casos de atrofia e infecções renais.

 

 

 

 

​A cirurgia é realizada com anestesia geral, através de 3 a 5 pequenos orifícios (5 a 10mm cada) na região lateral do abdome , e com uso de 



instrumentais delicados o rim é dissecado e deixado livre dentro da cavidade abdominal. Depois  a peça cirúrgica é

retirada por uma pequena incisão no baixo ventre, que é bem menos dolorosa do que a incisão convencional no flanco e tem melhor

efeito cosmético. A recuperação é rápida e o paciente pode receber alta do hospital entre 1 e 3 dias após a cirurgia.

Em casos de tumores renais menores de 4cm com anatomia favorável pode-se realizar a NEFRECTOMIA PARCIAL, retirando apenas o

tumor com margem de segurança, preservando a função renal. Para tumores maiores ou de anatomia desfavorável, deve-se realizar a

NEFRECTOMIA RADICAL  (retirada total do rim  com toda sua capa de gordura,  gânglios ao redor de suas veias e, em alguns casos a

glândula supra renal.

© 1977fernandoborges, All rights reserved.

Urologia 
Dr. Fernando Borges Ribeiro
(66) 3426 - 8651
    • Facebook Social Icon